Blog

Por que você deve parar de usar um endereço de IP compartilhado

Jennifer Cheng | 28 Março, 2016

Quando crianças, nos ensinaram a compartilhar: dividíamos chicletes, brinquedos, guarda-chuvas (…). No entanto, no caso de profissionais de e-mail marketing, há momentos em que não se deve compartilhar – especialmente no que se refere ao compartilhamento de endereços de IP.

Um endereço de IP compartilhado é utilizado por mais de um remetente para o envio de e-mails. Esses endereços (em inglês) compartilhados costumam ser mais usados por remetentes que normalmente não têm grande volume de envio e que não precisam realizar o warm up de endereços de IP. A menos que faça parte desse grupo, é recomendável a aquisição de um endereço de IP dedicado que pertença a você – e somente a você.

O que há de mal em usar um endereço de IP compartilhado?

Com um IP compartilhado, você não tem total controle de sua reputação – ao invés disso, ela será tão boa quanto o remetente mais fraco que compartilha com sua marca esse IP. A reputação é um importante fator para que provedores de serviços de e-mail determinem se entregarão suas mensagens na caixa de entrada, filtrarão para a pasta de spam ou se serão completamente bloqueadas. Se provedores optarem pelo bloqueio, seus clientes não irão sequer ver seus e-mails, o que impactará negativamente seus resultados.

Se você, de repente, observar um aumento de volume ou bloqueio por um provedor de serviços de e-mail, poderá ser extremamente difícil definir a causa principal dos problemas de entregabilidade, uma vez que você não conhece os outros remetentes que utilizam o mesmo IP que você, nem sabe como são seus respectivos programas de e-mail ou higiene de lista. Sem essa visibilidade, não há muito o que se fazer para mitigar o problema de entregabilidade. Então, se um remetente tiver um mau desempenho devido a reclamações, por exemplo, isso afetará a todos os outros e, consequentemente, abaixará sua taxa de entrega na caixa de entrada.

Veja este exemplo:

Remetente A: 1.000 envios – 400 reclamações

Remetente B: 1.000 envios – 200 reclamações

Você: 1.000 envios, 0 reclamações

Ainda que você não tenha nenhuma reclamação, sua taxa de reclamações é de 20% (600 reclamações para 3.000 envios), pois você usa um endereço de IP compartilhado, e essa taxa é alta o suficiente para que provedores movam suas mensagens para pastas de spam ou, até pior, rejeitá-las por completo das caixas de entrada de seus usuários.

Você pode ser o melhor remetente do endereço de IP compartilhado e isso ainda será irrelevante para provedores de e-mail, caso outros remetentes não estejam mantendo as melhores práticas e não tenham uma lista limpa. Como resultado das práticas negativas de um desses remetentes, todos os outros que compartilham o mesmo endereço de IP serão impactados negativamente.

Benefícios de um endereço de IP dedicado

Optar por um endereço de IP dedicado fornece total controle sobre a reputação do remetente, permite que você se inscreva em feedback loops baseados em IP para receber diretamente relatórios sobre reclamações de usuários.

Além disso, ter um endereço de IP dedicado significa que você pode medir e interpretar sua própria reputação em produtos como o Reputation Monitor, parte da solução de Email Optimization da Return Path (ilustrado na imagem baixo). O Reputation Monitor fornece insights sobre a saúde e desempenho de seu endereço de IP – com um IP dedicado, essas métricas são relacionadas somente e diretamente a sua marca. Isso permite um monitoramento mais preciso e resoluções mais rápidas para quaisquer problemas de entrega.

Blog Post Image 2

Fonte: Reputation Monitor da Return Path

Remetentes com endereços de IP dedicados podem, ainda, aplicar para a Certificação da Return Path, que oferece benefícios nos principais provedores de e-mail globais e outros com os quais temos parceria.

Quem deve ter um endereço de IP dedicado?

Depende de você avaliar sua situação e determinar se precisa ou não de um endereço de IP dedicado. Aqui vão algumas das muitas orientações que podem ajudá-lo a decidir se um IP dedicado é ideal para seus negócios:

  • Você tem um volume de envio grande o suficiente para ter um endereço de IP sozinho. Não existe uma escala que defina se você tem um volume de envio ou frequência grandes o bastante, mas esses devem ser suficientes para que você não precise realizar o warm up de seu endereço de IP a cada envio. Como um princípio básico, se você não está enviando pelo menos 50.000 e-mails ao mês e fazendo isso ao menos a cada 30 dias, pode optar por um endereço compartilhado de IP.
  • Você pode bancar os custos de se manter um endereço de IP dedicado. Se seus negócios podem facilmente absorver os custos adicionais associados a um endereço de IP dedicado, você pode considerar adiar essa mudança. Como um profissional de e-mail marketing, você é responsável pela reputação de envio de sua marca. Uma reputação baixa gera um programa de e-mail ineficaz, o que impactará seus resultados. Com um endereço de IP dedicado, você terá total controle sobre sua reputação e acesso a diversas ferramentas para mantê-la intocável. Para a maioria dos remetentes, a opção é clara – abandonar o endereço de IP compartilhado!

Your browser is out of date.
For a better Return Path experience, click a link below to get the latest version.