Blog

Evite o aumento das taxas de Bounce em suas campanhas de email

Return Path | 5 junho, 2013

Rejeição faz parte da vida. Entretanto, também pode ser parte do seu sucesso. Se você já tentou conquistar alguém, sabe exatamente do que estou falando. Ter uma resposta de sucesso com o sexo oposto vem com um grupo de lições a serem aprendidas. Quando você pensa no passado, lembra que depois de declarar-se para seu “grande amor da 6ª série” e ser rejeitado duramente, você aprendeu a se vestir melhor, a parar de utilizar frases prontas que você encontrou na web… e desde então, toda vez que você pensa em alguma abordagem, naturalmente você aprende novas formas de agir. Independente do caso, a lição é: a rejeição tem um valor importante para alcançar o sucesso.

Do esclarecimento técnico para profissionais de marketing criativos, muitos profissionais não estão tão familiarizados com o valor de oscilações ou com rejeição de emails, nem mesmo sabem o que isso significa. Registros de oscilações devem influenciar mudanças e um direcionamento positivo do seu programa de email. Em nosso mais recente Estudo de Email Intelligence, as taxas de colocação em caixa de entrada ainda estão em baixa, em todo o mundo. Dados de oscilações de email podem ser outro ponto a ser usado para melhorar a inteligência e trazer informações sobre problemas com entrega, com provedores e potenciais dificuldades.

Abaixo, você encontra os sete motivos mais comuns para o aumento das taxas de rejeição e o que isso diz sobre o seu programa de e-mail.

1. Novas listas causam novos problemas

Enviar mensagens para caixas de e-mail inativas é um motivo comum pelo qual os remetentes veem um aumento em rejeição, mais especificamente as rejeições permanentes. Entretanto, é preciso ficar alerta, pois picos significativos merecem investigações mais aprofundadas. Causas comuns podem incluir uma nova lista, um novo cliente ou envios para uma lista “antiga”, há muito tempo inativa. Nesse ponto, o estrago já está feito, mas não perca a oportunidade de se prevenir, já que essa é uma importante métrica que provedores usam para avaliar sua reputação. Revisite seu processo de habilitação de listas e clientes e certifique-se de que as fontes de seus endereços de email são apropriadas.

2. IP bloqueia com base em spam

Provedores podem aumentar sua taxa de bounce ao bloquear seus IPs com base em suas métricas de reputação. Alto número de reclamações de assinantes é um motivo comum para que eles implementem esses tipos de bloqueio. Siga as recomendações de seu provedor para remover esses bloqueios, mas certifique-se de fazer sua lição de casa coletando toda a informação necessária e fazendo as mudanças certas.

3. Enviar para uma lista que você não deveria

Intencionalmente ou não, conheci remetentes que enviaram mensagens para uma lista que não deveriam ter enviado. Causas disso podem ser falhas técnicas ou aquela… última… chance… de fazer uma venda ou engajar um usuário. Se a supressão foi devida a uma reclamação ou a um cancelamento de assinatura, não fique tentado a enviar novamente! Elimine a possibilidade dessas falhas técnicas e eduque a equipe responsável sobre os danos que isso pode trazer. Você verá aumentos de bounce relacionados a endereços inválidos de e-mail e reputação, entre outros problemas.

4. Entrando na blacklist

Também comum entre provedores de caixa de entrada está o uso de blacklists de terceiros para ajudar a filtrar email. Normalmente, isso pode ser encontrado no código de erro ou pode exigir um pouco mais de pesquisa no site do provedor para descobrir essa informação. Bounces também podem fornecer um link para pedir a exclusão da lista. Descubra o máximo que puder sobre o motivo de ter sido colocado em blacklist visitando sites de provedores e a própria blacklist. Se você não identificar a causa e apenas fazer mudanças em seu programa, você fica vulnerável a cair novamente na blacklist.

5. Enviando emails com atraso

Provedores podem reduzir a velocidade de seu envio por diversos motivos e causar rejeição de mensagens de sua lista. Quando isso acontece, muitos fatores entram em jogo. Quais são suas configurações? Quanto tempo um email pode ficar aguardando o envio antes de expirar? Existem diversas recomendações padrão para essas configurações, mas isso também depende do quão sensível ao tempo seu mailing é. Uma oferta válida para as próximas 12 horas não deve chegar à caixa de entrada do usuário no dia seguinte. Então, quando um provedor reduz sua velocidade de envio, corre o risco de perder o timing por causa de suas próprias configurações, potencialmente levando a um número alto de rejeição de mensagens. Revisite suas configurações de MTA e monitore a reputação para que você não tenha que se preocupar com diferimentos.

6. Mudanças dos provedores

Por mais que remetentes adorariam que provedores de email mantivessem seus limiares consistentes para sempre, eles não podem. Eles precisam se adaptar por causa dos ataques de spammers que observam em todo o mundo. Isso significa que esses limiares para rejeição e bloqueio variam. Adapte práticas a essas mudanças quando elas chegarem. Se você fez tudo que podia, notifique o provedor de caixa de entrada para tentar convencê-los de falso positivo… cruze os dedos.

7. Ops! Os enganos dos provedores

Ninguém é perfeito. Às vezes, os provedores passam por falhas técnicas não planejadas. Acontece. Problemas com seus registros de DNS, MX ou enviando um código incorreto de bounce. Sempre digo que, provavelmente, este deveria ser o último lugar onde você procuraria por uma resposta, mas existe a possibilidade. Uma ótima forma para começar quando você achar que isso aconteceu é conversar com outros remetentes e colegas. Pessoas unidas com o mesmo problema é uma maneira bem mais forte de apresentar um case para um provedor de email.

Your browser is out of date.
For a better Return Path experience, click a link below to get the latest version.