Blog

Dicas para aumentar o engajamento dos assinantes de email

Return Path | 25 março, 2014

Aumentar o engajamento dos assinantes é o maior tópico de discussão do email marketing em 2014. Um estudo recente da StrongView, afirmou que “aumentar o engajamento dos assinantes” é a principal prioridade para profissionais de email marketing em 2014. Ademais, no relatório da ExactTarget, o State of Marketing, de 2014, 65% dos entrevistados afirmaram que aumentar o engajamento dos assinantes e a receita são os principais desafios para o ciclo do marketing. Minha colega, Margaret Farmakis, escreveu um ótimo post no blog (ver em inglês), entendendo o engajamento, que é uma ótima maneira de começar a pensar e definir o engajamento dos assinantes. Tendo isso em mente, vamos olhar para uma maneira específica que os profissionais de email marketing podem trabalhar para aumentar o engajamento dos assinantes durante o ano que segue.

  1. Melhore os seus alvos e a segmentação: Felizmente, a segunda prioridade para os profissionais de email marketing citada no estudo da StrongView –melhorando o direcionamento e segmentação – ajuda com a primeira prioridade, que é o aumento do engajamento dos assinantes. Segmentações (tempo de lista, último engajamento com email, dados geográficos, fonte de aquisição de email, etc.) e direcionando (número de aberturas e cliques, etc) podem ser baseados em dados que já existem para você. Uma vez que alguns segmentos chave ou elementos chave possam ser usados para melhorar seu direcionamento e entregar conteúdo mais relevante para seus assinantes, o engajamento deve aumentar.
  2. Use dados disponíveis: aumentar o número de assinantes engajados está relacionado ao uso de fontes de dados disponíveis para ajudar você a entender melhor os seus assinantes. É claro, é mais fácil falar do que fazer, já que o principal desafio citado é acessar e alavancar dados dos consumidores de diferentes canais e fontes de dados. Por ser um grande desafio, deve começar devagar. Foque em uma fonte que forneça dados de maior valor ou vá atrás de um ganho rápido e foque na fonte de acesso mais fácil.
  3. Amplie ou comece um programa de mensagens triggered (ativadas a partir de uma ação): Todo email automaticamente enviado a partir de uma ação do assinante é mais relevante e aumenta a probabilidade dele ficar mais engajado com as mensagens. Exemplos de triggered email são mensagens de boas vindas (ou ainda melhor, uma série de emails de boas-vindas), mensagens de carrinho de compras abandonado ou de busca abandonada, emails de aniversários, e emails pedindo feedback de produtos, além de emails de up-sell. Enquanto muitos desses emails precisam de integração de dados fora da plataforma de email, estes emails geram maiores taxas de engajamento que emails em massa, e valem o esforço.
  4. Identifique os assinantes inativos: é inevitável. Existirão assinantes na sua lista que não estão engajando com seu programa de email. E quanto mais provedores de email usam o engajamento dos assinantes para determinar o filtro de email, é cada vez mais importante identificar assinantes inativos que não se engajaram no seu programa de email por certo período de tempo.
  5. Desenvolver campanhas de engajamento: uma vez que já tenha identificado assinantes inativos, será necessário desenvolver uma campanha de engajamento, que estará focada em identificar os verdadeiros assinantes inativos e aqueles que ainda querem receber emails de sua marca. Estas campanhas podem ocorrer de diversas maneiras, por exemplo, pesquisas, ofertas especiais, e pedidos de atualização das preferências/frequência de recebimento de email. Estas campanhas precisam usar linhas de assuntos mais agressivas/criativas e diferentes para tentar ganhar o interesse dos assinantes que costumam ignorar seu programa de email por um período estendido.
  6. Planos para celulares: Durante a temporada de feriados de 2013, 51% dos emails foram abertos em celulares. Se seus emails não estão renderizando direito entre os dispositivos, seu reengajamento com clientes deve estagnar ou diminuir. Entenda onde o seu público está abrindo os emails e determine o que deve mudar para ficar de acordo com os novos cenários do email.
  7. Tenha os assinantes certos no seu mailing em primeiro lugar: é mais fácil manter e aumentar o engajamento de assinantes quando está construindo um arquivo de email com os assinantes certos. Veja as 18 dicas para aumentar o mailing que estão focadas em qualidade não quantidade.
  8. Monitore seus concorrentes: Como está o engajamento dos seus concorrentes? Quais tipos de email estão enviando e com qual frequência? O engajamento dos assinantes do seu concorrente está melhor que o das suas campanhas? Com um produto como o da Return Path, o Inbox Insight, é possível ver, não apenas quais emails o seu concorrente está enviando, mas também qual é o engajamento desses emails e, assim, é possível fazer os ajustes necessários para os seus programas de email com base no que está dando certo ou não para os seus concorrentes e outros remetentes.

Espero que essas dicas ajudem a garantir uma lista cheia de assinantes engajados e um excelente ROI para um programa de email saudável!

Your browser is out of date.
For a better Return Path experience, click a link below to get the latest version.